Abrace o Planeta
O que é reciclável?
O que é reciclável?



 
PAPEL
 
Reciclável: jornais e revistas, papelão, folhetos, papel de embrulho, sacolas de papel, envelopes e cartões, papel de fax, caixas, embalagens cartonadas, embalagem Longa Vida, toalha de papel úmida usada somente para secar as mãos após lavá-las, etc.
 
NÃO reciclável: papel sujo, papel higiênico, lenço de papel, papel metalizado, papel plastificado, papel parafinado, papel celofane, copos descartáveis de papel, fitas e etiqueta adesiva de papel, fita crepe, papel carbono, fotografias.
 
PLÁSTICO
 
Reciclável: todo tipo de plástico rígido ou flexível, bem como isopor. Garrafas plásticas, potes de alimentos, embalagens de produtos de limpeza ou de higiene pessoal (shampoo, creme,...), sacos, sacolas, copos e pratos plásticos descartáveis, todo tipo de isopor, baldes, bacias, tubos e canos, peças plásticas de brinquedos, etc.
Os produtos derivados de acrílico, também são recicláveis embora nem todo reciclador de plásticos recicle o acrílico, por ter um processo um pouco mais complexo. Para mais informações acesse www.indac.org.br
 
NÃO reciclável: tomadas, papel celofane, absorvente higiênico, fraldas descartáveis, preservativos, cotonetes, borracha, pneu, espuma, esponja, etc. 
  
 
 
METAL
 
Reciclável: latas de bebida e de alimento, tampas, arames, papel alumínio, tubos tipo "spray", ferragens, canos, parafusos, objetos de cobre, alumínio, latão, chumbo, bronze, ferro e zinco.
 
NÃO reciclável: clips, grampos, esponjas de aço, lata de tinta, agulha de injeção, etc.
  
 
VIDRO
 
Reciclável: garrafas, potes de conserva e molhos, frascos de remédio ou perfume, copos, cacos de vidro, lâmpadas incandescentes, etc.
 
NÃO reciclável: pirex e similares, cerâmica, pratos, etc.
 
 

 

O que mais é reciclável ou reutilizável e precisa de descarte específico?
 
Para todos os itens abaixo, consulte a seção Onde reciclar?  e saiba como destinar adequadamente cada material para reciclagem ou reuso.
 
Lixo eletrônico: celulares e carregadores de celular; computador e teclado, DVD, TV, aparelho de som, equipamentos eletroeletrônicos em geral possuem em sua composição substâncias tóxicas como mercúrio, chumbo, cádmio, belírio e arsênio, altamente perigosos a saúde humana, além de químicos retardantes de chamas e PVC, que demoram séculos para se decompor no meio ambiente. As partes de plástico e metal podem ser recicladas e o restante é encaminhado para descarte específico.
 
Óleo de cozinha: apenas 1 litro de óleo despejado no esgoto polui cerca de 1 milhão de litros de água. Isso afeta a vida de plantas, peixes e pessoas.  Além disso, o óleo que atinge os rios provoca a impermeabilização dos leitos e terrenos próximos, o que contribui para a ocorrência de enchentes. Deixe o óleo de cozinha esfriar, armazene em uma garrafa plástica de 2 lts e, se possível, transparente. Tampe bem a garrafa e entregue nos postos de coleta específica. Este óleo será usado para a produção de biocombustível.

Medicamentos e material de uso farmaceutico: medicamentos com data de validade vencidos podem contaminar o solo e agua. Materiais como seringas, agulhas e gaze tambem devem ser descartados em local especifico.

 
Pilhas e baterias: podem liberar metais pesados como mercúrio e cádmio, contaminando a água e solo, colocando em perigo a saúde humana e o meio ambiente. Parte delas pode ser reciclada e o restante encaminhado para descarte específico e seguro.
 
Entulho: gerado por construções, demolições e pequenas reformas em prédios e residências, como concreto, argamassa, alvenaria e outros resíduos de origem mineral são transformados em agregado reciclado e utilizado na pavimentação de ruas. Os resíduos reaproveitáveis são reciclados.
 
- celulares e acessórios de celular usados
- cartuchos de impressora e toners usados
- aparelhos eletroeletrônicos em bom estado ou quebrados
- placas de computador velhas
- lâmpadas fluorescentes, tubos de TV. 
- roupas, livros, móveis, etc.