Abrace o Planeta
Água limpa
Água limpa


  
Somente 65% do esgoto da cidade de São Paulo é tratado. O restante só é coletado, afastado através de tubulações e despejado diretamente em rios. Se considerarmos a Grande São Paulo, o quadro piora. Por exemplo, 0% do esgoto de Taboão da Serra é tratado.
 
A contaminação das águas no Brasil aumentou cinco vezes nos últimos dez anos. Se a contaminação continuar no ritmo em que está, nos próximos dez anos, a situação será realmente muito crítica. 
 
 
O que você pode fazer?
 
Evite poluir a água
 
Recicle todo o óleo de cozinha usado.
 
Apenas 1 litro de óleo polui cerca de 1 milhão de litros de água. E pior, o óleo que atinge os rios provoca a impermeabilização dos leitos e terrenos próximos, o que contribui para ocorrência de enchentes. Depois que o óleo esfriar, armazene em uma garrafa plástica de 2 litros. Tampe bem a garrafa e entregue em postos de coleta do óleo, como as Estações de Reciclagem da rede Pão de Açúcar e Extra.
 
 
Compre produtos de limpeza com ingredientes naturais.
 
Produtos convencionais possuem resíduos sintéticos e petroquímicos que  não são rapidamente biodegradados,  contaminando os rios, oceanos, solo, plantas e animais enquanto não são assimilados pela natureza. Além disso, a química forte pode afetar sua saúde.
 
Prefira produtos de limpeza de composição natural, feitos só com substâncias vegetais, que são prontamente biodegradadas e rapidamente assimilados pela natureza. Confira o selo de certificação de "ingredientes naturais" do IBD, ECOCERT ou outro órgão reconhecido. Para saber onde encontrar, clique em Produtos verdes.
   
Mantenha a praia limpa.
 
Muitas aves, peixes e mamíferos marinhos confundem pedaços de plástico com alimento e morrem engasgados. Mantenha a praia e o mar livres de lixo como latas, copo plástico, canudo, tampinha de garrafa, embalagem de sorvete, bituca de cigarro, saco plástico, etc. Jogue o seu lixo e o lixo que encontrar pela praia no lixo, por amor a natureza e pelo perigo que representa aos animais. 
  
Não jogue lixo nas ruas
 
1/3 do lixo jogado nas ruas de São Paulo vai parar no rio Tietê com a chuva, agravando o problema das enchentes. Garrafas, latas, cigarros, papel de bala, chiclete, madeira, pneus, entulho, caixas de papelão, entre outros itens encontrados no rio devem ser jogados no lixo comum ou reciclável. Colabore.
  
Não descarte lixo no vaso sanitário e rede de esgoto.
 
Cotonete, preservativo, absorvente higiênico, fio dental, papel higiênico, cigarro, entre outros resíduos sólidos devem ser descartados em latas de lixo. Esses materiais entopem a rede de esgoto, podendo agravar inundações; são difíceis de capturar nas grades das Estações de Tratamento de Água, prejudicando o processo de tratamento; além de contaminar rios, lagos e mar quando o esgoto não é encaminhado para estações de tratamento.